Zombies: Espadas. - Zombies

Ir para

  • (2 Páginas)
  • +
  • 1
  • 2
  • Novo tópico
  • Responder

Espadas.

#1 Guest_-Neto-_*

  • Grupo: Visitante

Postou 08 April 2009 - 09:20 PM

Gladio


A gládio era a espada utilizada pelas legiões romanas. Era uma espada curta, de dois gumes, de mais ou menos 60cm, mais larga na extremidade. Era muito mais uma arma de perfuração do que de corte, ou seja, devia ser utilizada como um punhal, ou uma adaga, no combate corpo-a-corpo. Diz-se que era capaz de perfurar a maior parte das armaduras. Também chamado Gladius hispaniensis, por ter sido inspirado em armas utilizadas pelos celtiiberos na época. A Península Ibérica, no seu conjunto, era chamada de Hispania pelos romanos, dai o nome Gladius Hispaniensis. Não confundir com Espanha, que só existiu 16 séculos mais tarde.

Por parte dos Romanos, não somente os legionários eram treinados pelos Doctores armorum na técnica do gládio, mas também os gladiadores.

Ninja-tõ


Ninja-tō (忍者刀, Ninja-tō?), ninjaken (忍者剣, ninjaken?), shinobi katana (忍刀, shinobi katana?) (ou ainda nintō) é uma espada de um só fio e de cerca de 65 cm de lâmina utilizada pelos ninjas desde a época Naga. Ela é a espada mais comum e de maior reputação que um ninja pode carregar.

Se caracteriza por ter uma lámina mais curta, um tsuka (empunhadura) mais curto e desenho rudimentar que a diferencia das armas dos samurais. Apesar do que se acredita, a lamina da ninja-to nem sempre é totalmente reta, e sim ligeiramente curvada em alguns casos e sua tsuba (guarda) é quadrada. A ninja-to era usada para diversos fins e não unicamente para combater, mas também escalar, escavar, como apoio, sua saya (bainha) também era usada para respirar em baixo d'agua. Por ser de lamina curta, mas levada dentro de uma saya (bainha) de tamanho normal, permitia um saque mais rapido que a da katana. Alem do mais por ser de menor peso e mais curta permitia um manejo mais agil, sobre tudo em distancias curtas e espaços pequenos como são as casas.

Diferente dos Samurais, que viam suas Katanas como parte de seu corpo e de sua alma, que lhe davam nomes até mesmo personalidade, os Ninjas vêem as espadas como apenas mais um instrumento que pode lhe ajudar a sobreviver, nada mais.

Katana


Katana (刀)(pronuncia-se "cataNA", palavra oxítona) é o sabre longo japonês. Surgida no período Muromachi, era a arma padrão dos samurais e também dos ninjas para a prática do kenjutsu, a arte de manejar a espada. Tem gume apenas de um lado, e sua lâmina é ligeiramente curva. Era usada tradicionalmente pelos samurais, acompanhada da wakizashi (脇差). A katana era usado em campo aberto, enquanto a wakizashi servia para combate no interior de edifícios, apesar de samurais mais habilidosos usarem ambas ao mesmo tempo, uma em cada mão, como o lendário Miyamoto Musashi. O conjunto das duas armas chama-se daisho (大小), literalmente "grande e pequeno", e podia ser usado apenas pelos samurais, representando seu prestígio social e honra pessoal. A diferença entre a katana ninja (Ninja-to) e a katana samurai se dá na sua forma, sendo que a ninja tem forma reta e ponta também reta, tendo a lâmina não tão afiada (em razão da pratica do "doku no jutsu" - envenenamento), já a samurai possui uma leve curvatura e ponta semi-curva, muito bem afiada. Isso se dá a diferença de que o ninja carrega sua espada nas costas, portanto um corte vertical de cima para baixo, e o samurai levar sua espada na altura da cintura realizando um corte transversal de baixo para cima ou horizontal.

A espada Katana era muito mais do que uma arma para um samurai: era a extensão de seu corpo de sua mente. Forjadas em seus detalhes cuidadosamente, desde a ponta, até a curvatura da lâmina eram trabalhadas totalmente a mão. Assim, os samurais virtuosos e honrados faziam de sua espada uma filosofia de vida. Para o samurai, a espada não era apenas um instrumento de matar pessoas, mas sim uma forma de fazer a justiça e ajudar as pessoas. A espada ultrapassava seu sentido material; simbolicamente, era como um instrumento capaz de "cortar" as impurezas da mente. Além da katana, os samurais portavam uma outra espada menor, a Wakizashi. Alguns a usavam para lugares menores, outros a usavam simultaneamente com a Katana dependendo do estilo de luta do samurai. Alguns carregavam uma faca para emergências.

Wakizashi


A wakizashi (também conhecida como Oo-wakizashi ou Naga-wakizashi) é uma espada curta japonesa, usada em conjunto com a katana pelos samurais.

Era usada principalmente em combates de curta distancia onde você tinha menos tempo para desembainhar sua arma, possibilitando assim um rápido ataque ao oponente geralmente no joelho ou outras articulações no intuito de imobilizá-lo.

Dotanuki


Dotanuki (dōtanuki 同田貫 ou 胴田貫 - cortador de troncos largos) é uma variante aperfeiçoada e mais avantajada das tradicionais katana, possuindo lâmina mais possante. Mede por volta de noventa centímetros, embora alguns modelos cheguem a um metro de envergadura. Sua lâmina é capaz de infligir o mesmo estrago que a lâmina de uma espada larga medieval.

O processo de fabricação de uma espada deste tipo era mais funcional do que tradicional - Suas estatísticas de curvatura e peso estão mais ligadas às espadas do tipo falchion do que às tradicionais Katanas - Muito embora este tipo de espada seja baseada nas espadas da período Morumachi.

O termo dotanuki refere-se historicamene a uma escola de cuteleria da antiga província de Higo. Havia poucos cuteleiros que utilizavam esse nome, e suas espadas tinham a reputação de serem bem afiadas e resistentes, com lâminas um tanto largas.

Rapieira


Rapieiras são geralmente descritas como sendo espadas com a lâmina relativamente longa e fina, ideal para golpes de perfurações e uma proteção guarda-mão com complicados filetes de metal, o que a torna uma bela arma, podendo ser usada na esgrima artística (mesmo não sendo uma arma própria para o desporto). A lâmina pode ter largura suficiente para cortar a golpe, mas o poder da rapieira vem da sua habilidade de perfuração. Rapieras podem ter gumes com fio de corte só dum lado, com fio de corte dum lado só da ponta até ao meio(como descreveu Capoferro), ou podem ter gumes completamente cegos, uma espada chamada "estoc"(estoque) pelo Pallavicini um mestre de esgrima rapieira que em 1670 propôs usar uma rapieira com dois gumes afiados. A rapieira se parece com um florete, mas é mais comprida, pesada e rija. Uma típica rapieira tem de 1m de lâmina até 1,5m, e com largura de apenas 2,5 centímetros.

O termo rapieira refere a uma espada de perfuração com uma lâmina mais comprida e mais estreita do que a das espadas de guerra, mas uma lâmina mais pesada do que a do florete, que é uma arma mais leve que apareceu no século 18 e 19. A forma exacta da lâmina e do punho da rapieira depende no escritor e quando foi escrito. Pode referir a uma velha spada da lato do século 16, a uma espada (como a espada ropera) do período de grande popularidade da rapieira no século 17, ou até a um florete do século 19 e a outras espadas de duelo europeias, por isso o contexto é importante em percebendo o que o termo quer dizer. (O termo espada de lado, side-sword, usado por algumas listas modernas é uma tradução do termo italiano spada da lato--um termo criado há poucos anos por museologistas italianos, não para uma rapieira comprida, mas para a uma espada italiana do século 16 cuja lâmina é um pouco mais curta e grossa e é considerada uma das armas ancestrais e contemporâneas da rapieira.)

Alfanje


Geralmente imaginado como uma arma oriental, o alfanje também foi usado na Idade Média européia, por ser resistente e adequado para romper armaduras. Por outro lado, é um pouco mais difícil de manejar. Só tem um gume.

Tizona


Tizona pertenceu ao mais famoso cavaleiro da Espanha – Rodrigo Díaz de Vivar (1040-1099), conhecido como El Cid, o Campeador. Pode ser vista no museu do Exército, em Madrid. Preço, As características supõem uma espada de qualidade muito superior ao normal.

Joyeuse


Joyeuse, hoje no Louvre, foi mantida de 1270 a 1793 no monastério de São Dinis, do qual só saía para a cerimônia de coroação do rei da França (e de Napoleão). Segundo a tradição, a espada pertenceu a Carlos Magno (742-814 d.C.), mas na verdade o pomo é do século X, a cruz do século XII e o punho do século XIII. .

As características supõem uma espada de qualidade muito superior ao normal (e o preço leva em conta que o punho contém 552 gramas de ouro e contas de lápis-lazúli.)

Cinqüedea


A cinqüedea (em italiano, “de 5 dedos”, referência à largura da lâmina, até 10 cm) é uma espada curta ágil e resistente. A base larga oferece resistência e espaço para ricos trabalhos de arte. Essa espada esteve na moda na Itália de 1460 a 1520.

Bastarda


A espada chamada bastarda foi concebida para ser usada tanto com uma mão (com um escudo na outra) como com as duas (sem escudo). O nome deve-se a ter sido vista como um híbrido entre a espada longa comum e a espada de duas mãos. Historicamente, surge a partir do século XIV, junto com as armaduras de placas que visava romper.

Katzbalger


Espada usada como arma secundária, na segunda metade do século XV, pelos Landsknecht, mercenários a serviço de príncipes alemães que tinham o pique como sua arma principal. O nome significa, literalmente, “estripa-gato”.

ESPADAS CELTA

Scottish Claymore


Sir William Wallace, popularmente conhecido como Coração Valente, foi um nobre escocês que dirigiu seu país contra a ocupação inglesa e contra o Rei Eduardo I da Inglaterra nas Guerras pela Independência da Escócia. Foi um homem de princípios que são valorizados até o dia de hoje. Em 11 de setembro de 1297, Wallace arrasou por completo o exercito inglês comandado pelo Conde de Surrey na Batalha de Stirling Bridge. O exercito inglês estava formado por 600 Cavaleiros pesados e 25.000 homens de infantaria ligeira enquanto W. Wallace só tinha 150 Cavaleiros pesados e 7.000 homens de infantaria ligeira. Quando regressou de Stirling, Wallace foi nomeado "Guardião de Escócia".

Tipo: Duas mãos
Comprimento total: 138 cm - Lâmina: 102 cm.
Peso aprox: 3,1 kg.

Gallowglass


O termo Gallowglass ou Galloglass é uma amplificação do termo irlandês, Gallóglaigh (que significa, Soldados forasteiros). Os Gallowglass foram guerreiros mercenários de elite entre os clã Noruego-gaélicos que residiam nas ilhas e montanhas do oeste da Escócia, as Hébridas, desde meados do século XIII até o final do século XVI. Como os escoceses, eram gaélicos e compartilhavam origens em comum com os irlandeses, mas os escoceses como haviam contraido matrimônio com os colonos noruegueses do séculos X das zonas costeiras e das ilhas da Escócia e com os Pictos, os irlandeses os chamavam Gall Gaeil (Gaélicos forasteiros). O primeiro registro do serviço dos galloglass na Irlanda foi em 1259, quando o príncipe Aed ÓConnor de Connaught recebeu um dote de 160 guerreiros escoceses da filha do rei de Hebrides (Lord MacDonald of the Isles).

Tipo: Duas mãos
Comprimento total: 121 cm - Lâmina: 95 cm.
Peso aprox: 2,2 kg

Kern


O componente maior dos exércitos irlandeses medievais eram a Kern (ceitherne o ceitheirn). Integrado as vezes por membros da nobreza deslocada e outros comuns em busca de fortuna, estes eram os exércitos mercenários que brigavam em qualquer conflito através das ilhas britânicas. Se assemelha muito a Gallowglass, foi catalogada como uma espada de tipo XIX da tipologia de Oakeshott, caracterizando-se pelo seu pomo em forma de anel e seus quillions em forma de espátula.

ESPADAS VIKING

Ragnar


Ragnar Lodbrok (em nórdico, Ragnarr Loðbrók) foi um rei semi lendário da Suécia e Dinamarca que reinou nos séculos VIII e IX. Ragnar era pagão e, de acordo as lendas nórdicas, pensava ser descendente do deus Odin. Então não tinha temor em atacar as cidades cristãs em festas sagradas. Foi capturado em Northumbria e morto de maneira horrível, atirado num poço de serpentes venenosas. Suas últimas palavras foram que seus cachorros o vingariam. Esta espada representa a firmeza do povo viking.


Tipo: Uma mão
Comprimento total: 91 cm - Lâmina: 77 cm.
Peso aprox: 1,7 kg.

Huscarl


Os Huscarl foram uma tropa especial encarregada da defesa pessoal dos reis escandinavos durante a Idade Antiga e Medieval. O termo vem do norueguês antigo huskarl ou huscarl, o significado literal é "homem de casa". Sua origem está, em homens armados para a defesa da casa particular, fosse sua ou de alguém que os contratasse. Os huscarls foram introduzidos na Inglaterra através da conquista pelo rei danés Canuto o Grande, onde chegaram a rondar os 3000 efetivos. O fim deles chegou com a derrota saxônica na Batalha de Hastings (1066), onde a grande maioria morreu a mão dos invasores normandos de "Guillerme O Conquistador".

Encontra-se vários modelos no museu de Londres.

Tipo: Uma mão
Comprimento total: 91 cm - Lâmina: 77 cm.
Peso aprox: 1,65 kg.

ESPADAS MEDIEVAIS

Templar


Essa espada foi inspirada nos modelos do período que vem dos séculos XII ao XIV; utilizadas pelas ordens de cavaleiros templários. Estes eram uma ordem militar monástica formada no final da primeira Cruzada, com o intuito de proteger os peregrinos cristãos na rota a terra santa, denominando-se "os cavaleiros do templo de Jerusalém." A fama e a abundância dos templarios cresceu através da época das seguintes cruzadas, sabe-se que na ultima, ameaçado pelo poder que haviam enfrentado, o rei Philip da França arrastou e ordenou sua eliminação sobe a base de heresia, na sexta-feira 13 de outubro de 1307.


Tipo: Duas Mãos
Comprimento total: 120 cm - Lâmina: 95 cm.
Peso aprox: 2,15 kg.

Crusader


O pomo dessa espada é do tipo J: um pomo profundo em forma de roda, a cruz é no estilo 5: braços planos que apontam por meio de luzes, em largura nos extremos. Esta combinação do pomo e cabo em cruz são as marcas de uma das espadas mais clássicas, porem a mais clássica deste período. Sendo deste modo o tipo da espada do cavaleiro das cruzadas europeu. Uma espada de tal beleza, simplicidade e elegância que acompanhou as cruzadas na terra santa.

Data: Século XII al XIV.

Atualmente se encontra no Museu de Glasgow (Escócia) Tipo XA De Oakeshott.


Tipo: Mão e Meia
Comprimento total: 107 cm - Lâmina: 87 cm.
Peso aprox: 1,8 kg.


Spike Hilt


Na última etapa da era dos Vikingos, este estilo de guarda foi chamada como "Spikehilt" ou de pontas agudas devido aos quillons finos distintivos no guarda-mão diferenciando-se das anteriores formas do hilt das espadas Vikingas.

Esta é uma dos 2 modelos de espadas que são atribuidos a St. Maurice, uma delas se encontra em Turim, Itália e a outra em A Tesouraria Imperial de Viena (Áustria)


Tipo: Uma mão
Comprimento total: 101 cm - Lâmina: 85 cm.
Peso aprox: 1,7 kg.


Hastings


Batalha de Hastings foi um conflito decisivo entre as tropas de Harold II (último rei saxão da Inglaterra) e os invasores normandos do futuro Guillerme I da Inglaterra. Decidiu-se em 14 de outubro de 1066 em Hastings, perto de Londres, e cessou com a vitória de Guillerme. Harold II morreu na batalha e com ele o domínio saxão sobre a Inglaterra, que a partir de então ficou unida politicamente ao Ducado da Normandia, no norte de França. As disputas em pelo trono deste último território seriam as causadoras da Guerra dos cem anos entre as coroas da França e Inglaterra.

A espada se classifica como tipo X. Oakeshott de Oakeshott descreve o tipo típico X como ampla lâmina plana de longitude meia e ranhura ao longo da lamina (brad fuller). Um detalhe da tapeçaria de Bayeux que relata o desarrolho da batalha de Hastings donde se podem apreciar espadas similares ao nosso tipo X de Hastings.

Tipo: Uma mão
Comprimento: 91 cm - Lâmina: 76 cm.
Peso aprox: 1,7 kg.

http://www.youtube.c...h?v=bDaB-NNyM8o

Chevalier


"Chevalier" é o termo francês para cavaleiro (Knight), a espada Chevalier foi inspirada numa bonita espada da coleção de Wallace em Londres.

A lamina tem um comprido canal de quase mais da 3/4 partes da lamina. Os eruditos datam este tipo de espadas a partir do século XIV, mas Oakshott em suas investigações deu uma origem anterior entre o 1050 ao 1150 depois de Cristo (DC).


A empunhadura desta espada foi inspirada em una famosa miniatura realizada por Matthew Paris (A Benedictine monk and chronicler) cerca do ano 1250.


Tipo: Uma mão
Comprimento: 91 cm - Lâmina: 76 cm.
Peso aprox: 1,7 kg.

Norman


Os normandos foram um povo medieval estabelecido no norte da França, cuja aristocracia descendia em grande parte dos Vikings da Escandinávia (o nome deriva de Northmen ou Norsemen, que significa "homens do Norte"). Eles desempenharam um importante papel político, militar e cultural na parte norte e mediterrânea da Europa Medieval e Oriente Médio, por exemplo: a colonização da Normandia, a Conquista Normanda da Inglaterra, o estabelecimento de estados na Sicília e Sul da Península Itálica, e as Cruzadas. Sua rica história originou várias lendas a seu respeito.

Em 1066, os normandos vencem a Batalha de Hastings, e com isso conquistam o trono inglês. A língua inglesa moderna surgiria da união entre os idiomas dos anglos e saxões com o francês trazido pelos normandos.

Tipo: Uma mão
Comprimento: 80 cm - Lâmina: 65 cm.
Peso aprox: 1,4 kg.

Este post foi editado por -Neto-: 08 April 2009 - 09:25 PM

0

#2 Guest_Fabricio~Raito_*

  • Grupo: Visitante

Postou 09 April 2009 - 12:40 AM

Oi, alguém move o topico? Tanx ^^~
0

#3 Guest_Abragabri_*

  • Grupo: Visitante

Postou 09 April 2009 - 01:28 AM

QUOTE(Fabricio~Raito @ Apr 9 2009, 01:40 AM) <{POST_SNAPBACK}>
Oi, alguém move o topico? Tanx ^^~

parceiro pode ficar tranquilo que os moderadores e administradores sabem fazer o trabalho
mas vlw ^^
0

#4 Guest_Fabricio~Raito_*

  • Grupo: Visitante

Postou 09 April 2009 - 01:33 AM

Eu sei ^^
Eu disse isso pq nao sei o motivo, nao tenho mais privilegios
de mod aqui, e antes eu tinha ^^"


0

#5 Guest_Abragabri_*

  • Grupo: Visitante

Postou 09 April 2009 - 04:20 AM

QUOTE(Fabricio~Raito @ Apr 9 2009, 02:33 AM) <{POST_SNAPBACK}>
Eu sei ^^
Eu disse isso pq nao sei o motivo, nao tenho mais privilegios
de mod aqui, e antes eu tinha ^^"


negativo
olha la no topico das inscrições, tu se inscreveu para seção zombies (biologia, taticas, noticias) e foi aceito lá, tu só pode moderar aquela área, essa aqui não. qualquer dúvida é só olhar na index do forum, tem embaixo escrito "forum moderador por" ^^
0

#6 Membro offline   Ederson Ícone

  • Sobrevivente
  • Ícone
  • Grupo: Membro
  • Posts: 129
  • Cadastrado: 31-March 09
  • Gender:Male
  • Location:Rio Grande do Sul Tchê
  • Idade:20

Postou 09 April 2009 - 12:16 PM

Ótimo tópico, adoro espadas medievais. Pena que não colocou a montante... ela é minha preferida =D.



0

#7 Guest_-Neto-_*

  • Grupo: Visitante

Postou 09 April 2009 - 04:04 PM

Eu prefiro espadas medievais, na verdade me irrita todo mundo falar "Katana é isso", "Katana é aquilo"...
0

#8 Membro offline   Clark Ícone

  • Moderador
  • Ícone
  • Grupo: Membro
  • Posts: 110
  • Cadastrado: 03-April 09
  • Gender:Male
  • Location:Porto Alegre - RS
  • Idade:27

Postou 09 April 2009 - 05:38 PM

São estilos bem diferentes de combate. Acho que a grande vantagem das espadas orientais não está nem na espada, mas em toda a cultura e técnica que gira em tornos dela, fazendo, normalmente, utilizadores mais hábeis. Mas óbvio que não dá pra generalizar. Acho que a maior vantagem é a velocidade da maioria das espadas orientais, que costumam ser mais leves e terem um corte especifico para isso.
0

#9 Guest_-Neto-_*

  • Grupo: Visitante

Postou 09 April 2009 - 05:53 PM

Pois é, na China ao invés de ter aula de Ed. Física eles aprendem Kung Fu na escola.
0

#10 Membro offline   Clark Ícone

  • Moderador
  • Ícone
  • Grupo: Membro
  • Posts: 110
  • Cadastrado: 03-April 09
  • Gender:Male
  • Location:Porto Alegre - RS
  • Idade:27

Postou 09 April 2009 - 06:54 PM

É, antigamente então, nem se fala. Mas fiquei curioso sobre tu preferires as medievais. Não que eu goste mais de uma ou outra, mas creio que se eu fosse lutar em uma guerra à moda antiga, e pudesse escolher ser treinado à moda européia ou à moda oriental, creio que eu escolheria oriental. Pode me dizer teu ponto de vista, comparações das armas e dos estilos, e porque tu preferes?
0

#11 Guest_-Neto-_*

  • Grupo: Visitante

Postou 12 April 2009 - 11:33 PM

Espadas medievais são mais fáceis de fazer e causam mais dano... uma Katana é boa quando se quer dar cortes leves, como cortar tendões por exemplo... já com as medievais você arranca um braço fácil fácil, mas isso vai muito do espadachim que a maneja...
0

#12 Membro offline   Clark Ícone

  • Moderador
  • Ícone
  • Grupo: Membro
  • Posts: 110
  • Cadastrado: 03-April 09
  • Gender:Male
  • Location:Porto Alegre - RS
  • Idade:27

Postou 12 April 2009 - 11:57 PM

É, sem dúvida, são bem mais simples neste ponto, e efetivas, principalmente para exércitos! Mas acho que o dano é muito relativo, visto a técnica e o estudo que envolve a espada oriental. Uma Dotanuki pode partir um homem ao meio, se quem a utilizar souber como fazer. E elas dependem muito menos da força bruta, porém, mal usadas quebram com muita facilidade.
0

#13 Membro offline   ... Ícone

  • Vírus
  • Ícone
  • Grupo: Membro
  • Posts: 2410
  • Cadastrado: 29-September 09
  • Gender:Male
  • Location:Rio de Janeiro - RJ

Postou 25 October 2009 - 05:25 PM

Goste da templar e da hastings
<!--sizeo:3--><span style="font-size:12pt;line-height:100%"><!--/sizeo--><!--coloro:#000000--><span style="color:#000000"><!--/coloro--><b><i>"Sucesso não é o final, falhar não é fatal: é a coragem para continuar que conta."</i></b>
<i><!--sizeo:2--><span style="font-size:10pt;line-height:100%"><!--/sizeo-->Winston Churchill<!--sizec--></span><!--/sizec--></i><!--colorc--></span><!--/colorc--><!--sizec--></span><!--/sizec-->
0

#14 Membro offline   Profeta do Caos Ícone

  • Batedor
  • Ícone
  • Grupo: Membro
  • Posts: 453
  • Cadastrado: 13-November 09
  • Gender:Male
  • Location:Interior de SP
  • Idade:20

Postou 13 November 2009 - 09:01 PM

Dotanuki deve humilhar zumbis

*_*
"Eu sou aquele que deve ser temido...eu sou o...TAXISTA !!!"


"Sempre que voce ver um Taxi voce se lembrara de mim"


"3 , 2 , 1 voce está respirando manualmente, disponha."


"Alright, lets do this... LEEEEEEEEEEROOOOOOOOOYYYYY JENKINS !!!"


"At Least I Have Chicken"
0

#15 Membro offline   ... Ícone

  • Vírus
  • Ícone
  • Grupo: Membro
  • Posts: 2410
  • Cadastrado: 29-September 09
  • Gender:Male
  • Location:Rio de Janeiro - RJ

Postou 13 November 2009 - 09:05 PM

Alfanje deve ser boa parece as cimitaras arabes
<!--sizeo:3--><span style="font-size:12pt;line-height:100%"><!--/sizeo--><!--coloro:#000000--><span style="color:#000000"><!--/coloro--><b><i>"Sucesso não é o final, falhar não é fatal: é a coragem para continuar que conta."</i></b>
<i><!--sizeo:2--><span style="font-size:10pt;line-height:100%"><!--/sizeo-->Winston Churchill<!--sizec--></span><!--/sizec--></i><!--colorc--></span><!--/colorc--><!--sizec--></span><!--/sizec-->
0

  • (2 Páginas)
  • +
  • 1
  • 2
  • Novo tópico
  • Responder

1 usuário(s) está(ão) lendo este tópico
0 membro(s), 1 visitante(s) e 0 membros anônimo(s)